quinta-feira, 2 de outubro de 2014

2 dias deliciosos em Cartagena das Índias, Colômbia

>> Olá! Meu blog mudou de endereço. Acesse diretamente WWW.LALAREBELO.COM/CARTAGENA (clique aqui) para acessar os mesmos posts, só que mais atualizados e com mais informações. Dicas de novos destinos estão sendo postadas somente lá no LALAREBELO.COM. Te espero lá! Obrigada! <<

Estou conhecendo a Colômbia aos pouquinhos! Pelo tanto de coisas boas que já ouvi desse país, quero conhecer o mááááximo que puder! :) Em agosto foi a vez de Bogotá (leia o post aqui) e agora, acabei de voltar de Cartagena. Como moro no Panamá, fica fácil ir e voltar várias vezes (~1h de vôo), mas pra quem está no Brasil, melhor ir uma vez só pra Colombia e já conhecer Bogotá, Cartagena e San Andrés (o famoso mar de 7 cores), né?!

Cartagena foi a escolhida para uma data muito especial: nosso 1º aniversário de casamento. Portanto, a viagem tinha que ser mais do que perfeita! E foi!!! 



Como só tínhamos o final de semana, focamos apenas na CIDADE. Não conhecemos as praias e ilhas que há nas proximidades, mas vou fazer um resumo delas aqui anyway ;)

Cartagena das Índias, ou simplesmente, Cartagena, é uma cidade do norte da Colômbia, junto ao mar do Caribe, que possui mais de 200.000 habitantes. Prepare-se para sentir CALOR (juro, calor até para a cuiabana que mora no Panamá!). A cidade é tão quente, tão quente, que talvez seja esse o motivo de ficar meio vazia durante o dia e ir enchendo só quando o sol está mais baixo. Piscininha no hotel salva! 


Cartagena das Índias no mapa | Google Maps

Vôos para Cartagena
Não existem vôos diretos do Brasil para Cartagena (aeroporto CTG). Mas é fácil chegar com apenas uma paradinha rápida em Bogotá (mas aproveite para conhecer também a capital, que é super!) ou na Cidade do Panamá. 

- AVIANCA (conexão em Bogotá - BOG)
- TAM/LAN (conexão em Bogotá - BOG)
- COPA AIRLINES (conexão na Cidade do Panamá - PTY)

Brasileiros não precisam de visto para entrar na Colômbia. Apenas passaporte válido! 

O taxi até o hotel custou 12.000 COP. É tranquilo pegar na saída do aeroporto. Mas lembre-se de combinar o preço ANTES.

Moeda - Peso Colombiano (COP)
Ctrl C + Ctrl V do post de Bogotá! hehe

A moeda colombiana é uma daquelas com números enoooormes, cheios de zeros, que confundem a gente. 1 REAL é mais ou menos igual a 816 PESOS COLOMBIANOS (01/10/14). 

Sei que não é exato, mas pra facilitar a conta de cabeça no dia a dia e na pressa, considerava R$1 = 1.000 (quase mil, rs). Aí fica mais fácil saber quanto custam as coisas. Foi num restaurante e a conta veio 25.000 pesos??? Pronto, um pouco mais que 25 reais! :) Mas se você quiser fazer a conta certinha, acesse este site aqui


Onde ficar
Uma coisa é REGRA: TEM que ficar dentro da cidade amuralhada (é o centrinho histórico, onde estão as casinhas coloniais, os pontos turísticos...). Aliás, quando digo "Cartagena" quero dizer "Cidade Amuralhada". Ficar fora dela vai perder toda a graça!

Bastión Luxury Hotel | Calle Sargento Mayor, nº 6 - 87
Como nosso fim de semana tinha que ser mais do que perfeito, começamos pela escolha do hotel. Super bem localizado dentro da cidade amuralhada, em uma rua tranquilinha. Achei o hotel aconchegante, com café da manhã gostoso, funcionários atenciosos e uma piscina linda no terraço. Recomendo! 


Fachada do Hotel Bastión - casarão colonial
Pátio do Hotel Bastión

Quarto duplo deluxe do Hotel Bastión
Piscina do hotel no terraço
Bar/lounge na área da piscina (terraço) do hotel
Café da manhã do hotel no restaurante El Gobernador by Rausch


Tcherassi Hotel + Spa | Calle Sargento Mayor, nº 6 - 21
Vizinho do Bastión (ou seja, ótima localização). Achei esse hotel uma graça. Fomos almoçar no restaurante italiano VERA (recomendo!) que fica lá dentro. Também fica em um casarão antigo remodelado. A decoração é toda branquinha, passa uma sensação de tranquilidade, paz... 


Piscina do hotel Tcherassi
Aquabar do Tcherassi Hotel
Fachada do Tcherassi Hotel + Spa

Sofitel Santa Clara | Calle del Torno, nº 38 - 29
Instalado em um antigo convento, construído em 1621, achei este hotel FABULOSO. Só não ficamos lá porque achei caro demais kkk (ainda mais em uma cidade com taaantos hotéis boutiques fofos). É Sofitel, né?! Mas fomos lá para jantar no restaurante francês 1621 e conhecemos o hotel (vou falar desse restaurante abaixo). Fica dentro da cidade amuralhada, mas mais próximo ao mar. Ou seja, tem também uma super vista.   


Fachada do Hotel Sofitel Santa Clara
Área de lazer do Hotel Sofitel Santa Clara | foto do site sofitel.com

Olha, o que não falta na cidade amuralhada de Cartagena são hotéis fofos. É um ao lado do outro, com opções para todos os bolsos. Aqui vão mais alguns que dei apenas uma olhadinha e gostei bastante: Casa San Augustin (The Leading Hotels of the World), Anandá Hotel Boutique (Condé Nast Traveller 2011), Hotel Boutique Bovedas de Santa Clara (Condé Nast Johansens) e Casa Pestagua

Busque outras opções aqui (San Diego) e aqui (Centro) - ambos na zona da cidade amuralhada. 


Restaurantes

VERA | Tcherassi Hotel (Calle Sargento Mayor, nº 6 - 21)
É o restaurante italiano do hotel Tcherassi que indiquei acima. Muito muito gostoso. Meu marido comeu um fettuccine maiale e pediu pra escrever aqui que foi uma das melhores massas que ele já comeu! Ambiente super gostoso, de frente para a piscina. A área, apesar de ser aberta, é refrigerada, então é um dos poucos locais de Cartagena que você consegue comer "ao ar livre" sem morrer de calor! Sobremesa: Schiuma di Crème Brule!


Restaurante VERA no Tcherassi Hotel 

Fettuccine Maiale na frente e Linguini Bolognese atrás

Restaurante 1621 | Sofitel Santa Clara (Calle del Torno, nº 38 - 29)
Esse restaurante, que tem como nome a data de construção do antigo convento onde está localizado (hoje, o Sofitel), foi o escolhido para nosso jantar de 1 ano de casamento. O lugar é L-I-N-D-O. A comida também é boa, mas normal (culinária francesa). Peça uma mesa no jardim. Faz calor (mesmo com os ventiladores gigantes que eles colocam) mas o visual vale a pena. A parte fechada também é bem bonita. Precisa reservar! (+57)5/6504700


Mesa no jardim (antigo convento, maravilhoso!) | Restaurante 1621

La DIVA Pizzeria Napoletana | Calle Ricaurte (Ed. Ricaurte), nº 31 - 38
Esse lugar foi um achado! Super descolado, decoração moderninha... E se estiver com vontade de comer uma pizza deliciosa, com ingredientes fresquíssimos, não tem lugar melhor! Fica pertinho do Hotel Charleston Santa Teresa


La DIVA Pizzeria 
Pizza de Prosciutto 

Juan Del Mar | Plaza de San Diego, nº 8 - 12
Para quem gosta de peixe e frutos do mar, este é o lugar mais indicado para comer isso :) Para quem prefere uma carninha, lá tem também! rs


Ambiente fechado com ar condicionado no Juan del Mar Restaurante
Ambiente aberto do Juan del Mar

Ótimos restaurantes é também o que não falta em Cartagena. O gostoso é sair andando e descobrir. Algumas outras dicas que ouvimos falar bem, mas não conseguimos ir: 

- Carmen: comida contemporânea, está como o restaurante #1 de Cartagena pelo TripAdvisor. Fica no Anandá Hotel Boutique. Fiquei com vontade de conhecer, mas não deu tempo!

- El Santíssimo: lemos muita coisa sobre este restaurante e sobre o tipo de serviço. Eles chamam de Plan Milagro (ou "all inclusive"), que consiste em: uma entrada, um prato principal, uma sobremesa e vinhos e outras bebidas à vontade por 2 horas. Até queríamos ir, mas vou falar a verdade... Quando vi, não achei nada charmoso. E assim fomos parar na pizzaria La Diva! rs.


Um pouquinho de história... 

Cartagena das Índias foi fundada em 1533 pelo espanhol Pedro de Heredita (apesar de já estar habitada por povos indígenas há milhares de anos). A cidade foi um dos principais portos da Espanha na América e foi um dos mais importantes portos de escravos do novo mundo. Cartagena era muito rica, o que atraiu piratas e conquistadores de outros países, fazendo com que muralhas e fortes fossem construídos. 

A cidade também foi dirigida pela Inquisição até 1811, quando foi abolida e Cartagena se declarou independente da Espanha. A Inquisição marcou muito a cidade. Inclusive, há um museu que conta sua história em Cartagena e exibe alguns instrumentos de tortura. 

O centro histórico de Cartagena, conhecido como cidade fortificada ou amuralhada, foi declarado Patrimônio Nacional da Colômbia em 1959 e Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1984. 



O que fazer na cidade

O gostoso da cidade é CAMINHAR. Andar pelas ruas estreitas, observar suas casas coloridas de arquitetura colonial, com varandas floridas, comer em um restaurante charmoso ou tomar uma cervejinha na praça! 

Nós andamos muito à toa mas no segundo dia decidimos pegar um tour matutino para nos aprofundarmos mais :) Fizemos uma rápida passagem pelo centro histórico, fomos para o Castelo de San Felipe de Barajas, depois ao Convento de La Popa e encerramos em um Museu da Esmeralda. O guia era ótimo (Cecílio), tínhamos transmissor com fone de ouvido para ouvir suas explicações e a duração (9h - 12h) foi ideal. Custou 25 dólares por pessoa. 

Recomendo: Panamericana de Viajes (ligar um ou mais dias antes para 6424020 ou 313-5994293 para reservar). 


Van do nosso tour pela Panamericana de Viajes

Dentro dos muros... 

- Plaza de los Coches + Torre do Relógio 
A Torre do Relógio, construída sobre a muralha é a entrada principal do centro hisórico. No passado, foi a única entrada de Cartagena das Índias. Dá acesso à Plaza de los Coches (Praça dos Carros), que tem uma estátua de Pedro de Heredia, fundador da cidade. A praça tem esse nome porque era aí que a aristocracia tomava suas carruagens. 


Torre do Relógio vista de fora da parte amuralhada
Plaza de los Coches e estátua de Pedro Heredia, fundador da cidade

- Plaza de La Aduana (Praça da Alfândega)
É onde está atualmente a prefeitura. Nessa praça eram comercializados os escravos trazidos da África. 


Plaza de la Aduana

- Plaza de San Pedro Clever + Igreja, Claustro e Museu
Entre para conhecer o local onde viveu e morreu São Pedro Clever, um sacerdote jesuíta que se dedicou à proteção dos escravos (precisa pagar entrada)


Praça e Igreja San Pedro Clever
Quarto onde morreu San Pedro Clever (hoje, parte do museu)
Pátio
Estátua de San Pedro Clever com um escravo

- Plaza Bolivar + Palácio da Inquisição

Em volta desta praça toda arborizada, que fica bem no meio do centro histórico, está o Palácio de la Inquisición (Tribunal de Penas do Santo Ofício), onde se julgavam os hereges e as bruxas (delitos contra o cristianismo). A entrada é paga mas eu achei que valeu a pena. Lá você pode ler mais sobre a Inquisição instalada em Cartagena, sobre as "bruxas" julgadas e ver algumas réplicas de instrumentos de tortura utilizados na época. 


Dentro do Palácio de la Inquisición
Guilhotina

- Catedral de Santa Catalina
Na verdade, essa Catedral é bem mais bonita de longe, quando é possível ver sua torre/cúpula. Quando você chega na porta, é apenas um muro alto. Estava fechada, portanto não conhecemos seu interior. 


Catedral vista de longe. Fica linda nas fotos!
Catedral vista de pertinho. Não dá mais pra ver a torre!

- Plaza Santo Domingo + Convento + A Gorda Gertrudis
É uma praça animada, rodeada de restaurantes e cafés (mas de dia, era um forno!!!). Ao redor desta praça está o Convento de Santo Domingo, que deu nome à praça. É também é aí que está a escultura "a Gorda Gertrudis", de Fernando Botero


A Gorda Gertrudis de Fernando Botero na Praça Santo Domingo

- Teatro Heredia
Edifício muito bonito construído em 1911 em comemoração à independência de Cartagena das Índias. 


Teatro Heredia

- Las Bóvedas de Santa Clara
As 23 bóvedas foram construídas no final do século XVIII para depósito de munições. Depois foram transformadas em cárceres. Hoje são lojinhas de artesanato


Las Bóvedas de Santa Casa - antes depósito de munições, depois cárceres
e atualmente, lojinhas de artesanato
Las Bóvedas de Santa Clara - são mais bonitas de DIA do que de noite
As lojinhas fecham às 19h.

É tudo muuuito pertinho. Em uma curta caminhada você já consegue passar por todos os pontos citados acima. Claro que com dois dias, você verá tudo com mais calma (pois ainda tem o que está fora dos muros). Veja no mapa abaixo a disposição das praças e monumentos:


Cidade murada de Cartagena | Google Maps + alguns pontos adicionados

Para ver o mapa traçado diretamente no Google Maps (e com Zoom), clique aqui. 

Fora dos muros... 

- Castillo de San Felipe de Barajas 
Está fora da cidade murada mas, apesar de estar bem perto dela, não se recomenda ir a pé. Vá de taxi ou, como nós, vá em um tour guiado (de van). Recomenda-se muito que o castelo seja visitado com um guia, pois ao contrário, as coisas não fazem muito sentido. O Castillo é uma fortaleza do século XVII, localizada em um ponto estratégico, para controlar as invasões por terra e por mar (como falei anteriormente, Cartagena foi uma cidade riquíssima, alvo de piratas e de outros países). Gostei muito de conhecer os túneis!


Chegando no Castillo... Subida + Calor: Da-lhe água gelada!

Castillo de San Felipe de Barajas
Dentro dos túneis do castelo
Nosso guia, Cecílio, no Castelo San Felipe de Barajas
Mais túneis do Castillo




- Convento de La Popa
Fica no morro mais alto da cidade (Cerro de La Popa), 150m acima do nível do mar. O nome foi dado devido ao formato do morro, que se parece a um navio (?!). Lá em cima está um convento colonial e uma igreja, construídos entre 1609 e 1611. O pátio do convento é lindíssimo. O local já recebeu vários nomes famosos, como Bolívar. Lá de cima também se tem uma vista panorâmica da cidade. É legal para entender o formato da cidade, ver onde está a parte turística, os mares, e a parte mais popular. Precisa pagar entrada (estava incluída no nosso tour). 


Cerro e Convento de la Popa visto do Castillo de San Felipe
Convento de La Popa
Vista panorâmica da cidade a partir do Convento de la Popa
Altar da igreja (ouro)
Este edifício grande, em meio a área mais popular de Cartagena, é um dos
colégios da Fundación Pies Descalzos, de Shakira

- Índia Catalina
O monumento da Índia Catalina se encontra no caminho entre a cidade murada e o Castillo San Felipe. A índia foi raptada em 1509 na Colômbia por espanhóis, e levada a Santo Domingo (Rep. Dominicana). Lá adquiriu os hábitos e cultura europeus, a crença religiosa e aprendeu o idioma. 30 anos mais tarde, voltou a sua terra como INTÉRPRETE de Pedro de Heredia. Junto com ele, foi responsável pela pacificação de diversas tribos indígenas. Casou-se com Alonso Montañez, sobrinho de Don Pedro. Foi uma das mulheres mais ricas de Cartagena e dizem que ela era belíssima, motivo também de muitas brigas e conflitos. 


Monumento da Índia Catalina

- Museu da Esmeralda Colombiana
Devido à fama da esmeralda colombiana (de fato, não existe nada mais VERDE do que ela!!! Pena que são caríííssimas!!! hehe), existem diversos "museus da esmeralda + lojinhas" na cidade, inclusive DENTRO da cidade murada. Nós fomos em um que ficava fora, em Boca Grande (foi o tour que nos levou lá). Chamava-se Joyería Caribe, e a parte do museu era bem interessante. Explicavam sobre a extração da pedra, mostravam a diferença da esmeralda colombiana para as de outros países (o porquê de se ter um verde muito mais intenso), as oficinas de lapidação e claro, como na Disney, tudo terminava na lojinha! rs!





PRAIAS
Pra quem sai do Brasil e vai a Cartagena, encostadiiinha no Mar do Caribe, claro que tem que ir à praia. Só que as praias de Cartagena em si são beeem feias. Não valem nem a passada, sério! Se quiser ver praia bonita, vai ter que pegar um barquinho e ir para as Islas del Rosário e/ou Playa Blanca, na Isla Baru. Mesmo sendo já Caribe, essas praias são bonitas, mas dizem que não se comparam ao tom de azul de San Andrés, território colombiano, e de outros destinos caribenhos aqui do blog. Nós não fizemos o passeio às praias, já que ficamos apenas dois dias e queríamos conhecer a cidade e passear tranquilamente. Mas me informei pra contar tudo aqui :)

Vá até o Muelle de los Pegasos ou ao Muelle de la Bodeguita (que ficam bem perto da entrada da Torre del Reloj, do lado de fora da cidade murada) e escolha seu barquinho. Tem de todos os tipos e preços. Ou você pode combinar com seu hotel anteriormente, mas vai sair mais caro. Pechinche tudo! 

- Islas del Rosário
Chegando nas Islas del Rosário, existem duas atividades a fazer que você deve escolher qual, pois não dá tempo para fazer as duas (ambas pagas a parte): snorkeling ou conhecer o Oceanário. No Oceanário é possível conhecer várias espécies de tubarões, peixes, avez, tartarugas e também assistir a shows de golfinhos e tubarões (por tudo o que li, vale mais a pena ir ao Oceanário do que fazer o snorkeling). 


Oceanário das Islas del Rosário | photo: panoramio.com
Islas del Rosário | photo: cartagena.gov.co

- Playa Blanca (Isla Baru)
Dizem que essa sim vale a pena, porque tem bastante areia, lugar pra sentar, almoço e mar azul de verdade (Caribe!! rs). Fazendo o tour, você vai passar o resto do dia lá e depois voltar para Cartagena. Pelas fotos, achei o lugar bem lindo mesmo!


Playa Blanca, Isla Baru | photo: panoramio.com

Pra encerrar o post, mais algumas fotinhos da cidade fofa que é Cartagena! Para quem conhece Paraty, no Rio de Janeiro, ou o Casco Viejo do Panamá, é mais ou menos o mesmo estilo. Uma delícia! 

Restaurante de Parilla Argentina super "descolado" em Cartagena
No caminho entre a Plaza de Los Coches e a Plaza de la Aduana
Plaza San Pedro Clever (encarando as pombas!)
Catedral ao fundo (vista da Plaza San Pedro Clever)


Catedral (sempre fotogênica) ao fundo

Iglesia San Pedro Clever ao fundo
Cartagena: linda também de noite!!! 
Sentada na muralha de Cartagena!
Pelas ruas de Cartagena... Cidade fofa :) Amamos!

Não deixe de conhecer também Bogotá na ida ou na volta de Cartagena! Leia sobre a capital colombiana aqui

Existem vôos diretos Bogotá-Cartagena (apenas 1h30 de vôo) de AviancaCopa Airlines e TAM/LAN, e custam só 150 dólares (aproximadamente). 

Obrigada pela visita!
Um beijo, Larissa
(@lalarebelo_travelblog)

>> Olá! Meu blog mudou de endereço. Acesse diretamente WWW.LALAREBELO.COM/CARTAGENA (clique aqui) para acessar os mesmos posts, só que mais atualizados e com mais informações. Dicas de novos destinos estão sendo postadas somente lá no LALAREBELO.COM. Te espero lá! Obrigada! <<

2 comentários:

  1. Adorei as dicas e roteiro com todos os detalhes da história! Obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Lugar encantador, fotos fantásticas e dicas super legais! Já irei me programar! obrigado!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário, dúvidas ou sugestões! :)